Quando a temporada de chuva chega, junto a tanta água, surgem os mais variados problemas para todos nós.

Para prevenirmos acidentes e garantirmos as melhores condições do nosso ambiente de trabalho, a Supply separou recomendações indispensáveis que contribuem para a segurança de funcionários nas empresas e moradores de condomínios residenciais.

Na chuva, cuidado com o Aedes Aegypti

Com o aumento das chuvas, devemos ficar atentos a qualquer possível criadouro do mosquito transmissor da dengue, zika vírus e da chikungunya nas áreas externas da edificação, inclusive dentro dos apartamentos.

Há locais favoráveis para a proliferação do mosquito como lajes, garagens, calhas e o fosso do elevador.

Os cuidados com o mosquito não devem ser só em época de chuva, mas o ano inteiro.

Feche as janelas

Em períodos de instabilidade do tempo e muitas chuvas, certifique-se que de não deixou as janelas e vidros abertos no ambiente de utilização, você pode se deparar com objetos quebrados, móveis danificados ou piso todo molhado.

Atenção às quedas de energia

Quedas de energia são mais prováveis durante a chuva.

Esteja preparado: tenha lanternas, faça uso das luzes de emergência; uso de velas deve ser evitado devido ao risco de incêndio em condomínios, em empresas a prática é proibida.

Elevador

Se no momento de queda de energia ficar preso no elevador, acione o botão de alarme e use o interfone para comunicar o problema, caso o sistema apresente pane tente contato com algum parente fazendo o uso do celular pessoal.

Aguarde calmamente o resgate do corpo de bombeiros.

As chuvas causam vazamentos e infiltrações

Vazamentos e infiltrações são mais comuns nessa época; o correto é fazer uma inspeção na melhor ocasião e, caso perceba alguma modificação nas instalações, comunique à administração.

Todos podem contribuir, aliás o ambiente de trabalho e utilização é de responsabilidades de todos.

Proteja-se dos raios

Nunca fique em lugares abertos, descampados, ou de pé em lugares altos, debaixo de árvores ou próximo a objetos grandes, principalmente feito de metais, que podem atrair ainda mais essas descargas elétricas.

As manutenções dos para-raios devem ser sempre revisadas por empresas especializadas para evitar perda de equipamentos elétricos, proteção na estrutura dos prédios em incidência de grandes descargas elétricas.

Raio mata, portanto todo cuidado é pouco. Manter tudo em ordem evita complicações com a seguradora.

Incêndios

Os raios também podem provocar incêndios e ameaçar a segurança de todos na edificação. Em caso de incêndios, busque ajuda de pessoas treinadas (Brigadistas/Bombeiro Civil) e/ou chame o Corpo de Bombeiros ligando no número 193.

Nunca utilize os elevadores em casos de incêndio, prefira o uso das escadas de emergência. Todos devem seguir os procedimentos do plano de abandono da edificação.

Ventos fortes

Chuvas acompanhadas de fortes ventos podem fazer com que pedaços de madeira ou parte da estrutura da edificação ou outros setores em construção se desprendam e caiam sobre as pessoas, causando acidentes.

Tanto na empresa ou condomínio, determinadas áreas com reparos ou grandes obras podem ser atrasadas por conta das chuvas, visto que tais atividades devem ser interrompidas imediatamente; prevenir ainda é a melhor forma de evitar acidentes!

Quedas de árvores

Quedas de árvores são muito comuns com os fortes ventos que acompanham o período de chuvas.

É possível agendar com a prefeitura a poda de árvores localizadas próximas da fiação elétrica, estacionamentos e espaços de convivência.

A queda de árvores e galhos mais pesados pode gerar sérios danos ao condomínio, moradores e também em indústrias.

Superfícies escorregadias

Algumas superfícies ficam escorregadias e perigosas por causa da água da chuva.

Assim, alguns cuidados são necessários durante a execução de uma obra em período chuvoso.

Fique atento ao subir em lances de escadas externas, ao andar em pisos lisos e molhados redobre a atenção, nunca corra, pois a pressa certamente resultará em um acidente.

Rede elétrica e telefônica

A energia dos raios pode ser transmitida pela rede elétrica ou telefônica, por isso é importante, durante uma tempestade, evitar operar ou ficar próximo de objetos ligados à rede elétrica ou telefônica e, sempre que possível, faça o aterramento da fiação elétrica. Fique longe também de tomadas, canos, janelas e portas metálicas.

E lembre-se: eletricidade e água não combinam, por isso não deixe extensões ou cabos elétricos em contato com a água e, em caso de enchentes, se a água atingir níveis que possam alcançar as tomadas elétricas, desligue o disjuntor.

E ainda, não manuseie equipamentos elétricos ligados à rede elétrica, ou faça manutenções, principalmente com os pés molhados ou dentro da água.

Mantenha a manutenção em dia

Manter a manutenção em dia é fundamental, a limpeza de ralos e tubulações devem estar em dia para a água escoar; canos e calhas devem estar sempre limpos para evitar a acumulação de detritos.

No caso de bueiros internos é recomendável a adaptação de tela para barramento de sujidades que possam causar entupimento da rede.

Além disso, é preciso verificar com a prefeitura sobre a manutenção dos bueiros externos, pois o acúmulo de lixo nas ruas causa inundações e outros danos e prejuízos.

Reuso de água

Mas nem só de coisas negativas é feito o período de chuvas, uma ação sustentável ligada diretamente ao meio ambiente é adaptar um sistema de reuso da água, captando o volume gerado nesta época, gerando economia para o condomínio ou empresa.

Para esta adequação é necessário seguir os critérios da ABNT NBR 15527:2007.

Contribuição de Gelson de Jesus Melo, Técnico de Segurança do Trabalho da Supply Terceirização.

Conheça também a Lei nº 13.429, sancionada em 31 de março de 2019 e também conhecida como Lei da Terceirização.

Deixe a terceirização com a gente e você pode ficar tranquilo para cuidar dos seus negócios.
A Equipe Comercial está sempre a frente no contato com os clientes e à disposição para atender suas solicitações, dúvidas e sugestões.

Entre em contato no (11) 2106-5566.